Uncategorized

Os Noaítas e o uso da kipá

B”H

 

Matéria reformada (Junho 2018).

Essa matéria foi originalmente publicada em 23/11/2015.

Atualizada em Janeiro de 2019.

 

 

Os Noaítas (Bnei Noach/Filhos de Noé) e o uso da kipá

 

Perguntas E Respostas

 

Pergunta:

Pode um homem Noaíta (Ben Noach/Filho de Noé) usar kipá (a kipá Bnei Noach) na rua, no trabalho, … enfim, fora de casa e fora da sinagoga?

 

Resposta:

O Curso das Leis Noaíticas da Yeshivá Pirchei Shoshanim exorta os Bnei Nôach (em geral, i.e., os homens e as mulheres):

“Esforce-se em ser [sensato e] determinado ao pôr em prática sua identidade espiritual. Não passe [aos outros] mensagens confusas [por meio de seu comportamento] porque isso reflete desconhecimento, dúvidas pessoais ou rebeldia, que mal [os] guiarão.”

E declara:

“Assim, não está permitido [aos Bnei Noach (homens)]:

Usar kipá fora da sinagoga[*] (pois que em um contexto social onde a kipá já é logo associada à identidade judaica, a mensagem que isso transmite é fortemente confusa).”

 

O Rabi Michael Schulman do Chabad, diretor da Ask Noah, uma Instituição Internacional voltada para os Bnei Noach, explica: “Certamente, está tudo bem você usar kipá – se você quiser – em sua casa, nas casas de judeus e de outros Bnei Noach, nas sinagogas, ieshivás, etc[*].

Em público, você deve ter bom senso e não usá-la, porque as pessoas lhe confundiriam com um judeu. Se você quiser manter a cabeça coberta na rua, você pode usar um boné ou um chapéu.”

 

E mesmo dentro desses lugares “não é uma boa idéia que Bnei Noach (homens Noaítas) escolham uma Kipá idêntica a usada pelos judeus, pois outras pessoas podem erroneamente confundir um não-judeu com um judeu. Isto pode levar a confusões com relação à conduta muito mais rígida que a Torá requer dos judeus. Uma maneira de fazer uma Kipá diferente é decorá-la com as palavras “Bnei Noach”, ou algo similar.” – Rabi Yitschak Ginsburgh (Instituto Gal Einai Israel, autor de Cabalá e Meditação para as Nações)

 

Você, noaíta (Ben Noach=Filho de Noé/Bat Noach=Filha de Noé), sim, cada um de vocês (Bnei Noach=Filhos de Noé/Benót Noach=Filhas de Noé) tem de ter o extremo cuidado de interiorizar as seguintes palavras do Rabi Tzvi Freeman, do Chabad.org. (e, obviamente, suspeitar daqueles não-judeus e judeus (mesmo rabinos) que falam e agem em contrário).
Ele disse:

“O caminho do Ben Noach está integralmente ligado ao povo judeu, como afirma claramente o Rambam [(Rabi Maimônides). Porém, é importantíssimo ressaltar que, apesar disso (apesar dessa ligação),] nós (judeus) não queremos criar uma nova religião. E tampouco queremos que Ben Noach esteja imitando as práticas que são específicas para o povo judeu.” Em outras palavras, nós, judeus, não queremos fazer dos Bnei Noach uma religião. E tampouco queremos que eles próprios se transformem em um movimento judaizado e judaizador.

Traduzido por Noaismo.info: © 2015-2019 Noaismo.info
https://a-fe-original–noaismo.info/copyright/

 

Kipá Bnei Noach

Anúncios
Padrão
Uncategorized

Mandamentos para os judeus e mandamentos para os Bnei Noach

B”H

 

Mandamentos para os judeus e mandamentos para os Bnei Noach

 

Você sabia que existem Mandamentos exclusivamente JUDAICOS, ou seja, que são apenas para os judeus (ou, em outras palavras, que são proibidos para os Bnei Noach)?

Você sabia que as Leis de Noá não são somente Sete? Você sabia que muitos dos 613 mandamentos da Torá são subdivisões ou ramificações das Sete Leis?

Você sabia que existe um limite de até onde um noaíta pode ir no cumprimento de mitsvót? E que esse limite foi estabelecido pelo PRÓPRIO D’us, Hashém, e não por algum humano?

 

“Prestem muita atenção:

[(Conforme exposto pelo Rambám e pelo Rebe)]

Além de nossas 7 leis [literais,] nós, Bnei Noach,] podemos cumprir qualquer mandamento da Torá [que são] derivações delas (das 7 leis) em todos os seus detalhes, desde que seja lógico ou proporcione um benefício tangível para a sociedade, para si mesmo ou para o mundo como um todo(*.”

* Este é o caso, unicamente, do tipo de mandamentos chamados Mishpatím.)

Extraído do Curso das Leis Noaíticas da Ieshivá Pirchéi Shoshaním.

 

O Rabi Ariel Groisman (que tem seus vídeos sobre Bnei Nôach postados no site do Chabad) explica o significado de: “podemos cumprir qualquer mandamento da Torá” e destemidamente exorta-nos:

“Não podemos cumprir aqueles mandamentos que são exclusivos e identificadores do povo judeu (os Edót), por exemplo: FESTIVIDADES, SHABÁT, TALÍT, TEFILÍN, MICVÊ, TSITSÍT, etc.
Se vão imitar os judeus, façam-no com respeito (aos Mishpatím: )à solidariedade, caridade e justiça social que eles praticam, e com respeito à perseverança no estudo da Torá.
Se deseja imitar o povo judeu, faça-o com respeito a estudar e ensinar os valores da Torá, e os atos de justiça social e beneficência. Eles fazem isso. Imite-os.”

 

O Rabi Ariel Groisman é Rabino do Centro de Estudos do Gran Templo Paso de Buenos Aires, Argentina, e co-fundador e co-diretor do centro noajidas.org, um Centro de Estudos virtual e físico dos Sete Princípios Universais.

http://www.noajidas.org

 

Veja também

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2018/04/02/o-modo-de-vida-dos-bnei-noach/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/03/27/exceto-as-sete-leis-de-noe-pode-um-nao-judeu-observar-mitsvot/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/08/01/maimonides-e-os-bnei-noach/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2017/12/02/noaitas-e-os-613-mandamentos-judaicos-divinos-ou-a-criacao-de-ritos/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2018/05/06/nao-recebemos-nenhum-merito-por-observar-mandamentos-que-nao-nos-sao-pertinentes/

 


https://a-fe-original–noaismo.info/copyright/

 

Padrão
Uncategorized

Não recebemos nenhum mérito por observar mandamentos que não nos são pertinentes

B”H

 

Prestem muita atenção:

É muito arriscado e espiritualmente perigoso que nós, noaítas (Bnei Nôach), adotemos os mandamentos com os quais não temos conexão alguma [(ou seja, os mandamentos de identidade, os Edót)]. No máximo, não recebemos nenhum mérito por isso. Na pior das hipóteses, podemos receber punição divina. Isto é verdade tanto para os judeus quanto para os noaítas. Devemos ser muito cautelosos ao adotar práticas com as quais não temos obrigação ou conexão.”

Extraído do Curso das Leis Noaíticas da Yeshivá Pirchéi Shoshaním.

 

Tanto as palavras do Rabi Maimônides (Rambám) quanto as do Rebe são muito claras a este respeito (ao ponto de ser incrível a capacidade de alguém de conseguir deturpá-las):

“Qualquer um que aceita o cumprimento das Sete (Categorias de) Mitsvót Universais e e é cuidadoso na sua observância, é um dos devotos (de Hashém) entre os gentios e terá o MÉRITO de compartilhar do Mundo Vindouro.” — Rambám

“O judeu deve contar ao não-judeu sobre sua obrigação de observar as Sete Leis Noaíticas — e o mérito e recompensa que o não-judeu recebe por esta observância tanto neste mundo quanto no Mundo Por Vir.” — O Rebe

 

E o Rabi Ariel Groisman (seus vídeos sobre Bnei Nôach estão disponíveis no site do Chabad) complementa:

“Fazê-lo (ou seja, adotar mandamentos de identidade que não lhe são pertinentes – os mandamentos chamados Edót) é uma blasfêmia contra O CRIADOR visto que com as suas atitudes você está mostrando-LHE que repudia a sua identidade espiritual que ELE forjou e esculpiu em você.”

https://a-fe-original–noaismo.info/copyright/

 

 

Veja também

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2018/04/02/o-modo-de-vida-dos-bnei-noach/

 

Padrão