Isaías 7:14

Qual o significado de Isaías 7:14? A quem esse versículo se aplica?

 

Por Rav Avigdor Miller

 

“Existe toda uma civilização que vive de mentiras; não apenas mentiras mentiras estúpidas. É uma tolice. E todos citam Yeshaya/Isaías (7:14): “Eis que uma jovem está grávida e dará à luz um filho.” Não diz “betulá”, virgem. “Almah” em “lashon kodesh” [na língua sagrada] significa “uma jovem mulher”. Quem mais deveria ter filhos se não uma jovem mulher? Mulheres idosas não podem ter filhos. [Tampouco mulheres virgens.] O navi [profeta] está falando com Achaz e ele está lhe dizendo que logo se livrará de seus inimigos. “Uma jovem mulher está grávida”, disse o navi; ele está falando da esposa de Achaz, “e antes que esta criança tenha idade suficiente para saber a diferença entre o bem e o mal, você Achaz vai se livrar de seus dois inimigos, Retsin e Pêcah ben Remaliáhu”.

Essa criança nasceu de uma virgem então? Era a esposa de Achaz. Ela deu à luz alguns meses mais tarde. E foi isso que aconteceu. Retsin e Pêcah ben Remaliáhu tiveram uma “mapalá” [uma derrocada] antes do nascimento do bebê.

Que “sheker” [mentira] mais estúpida! Eles estão usando esta mentira estúpida, de que ela era virgem, como uma mashal [uma alegoria] para seu mascote que nasceu 600 anos mais tarde. É tão estúpido! De imediato você vê que é uma tolice! É uma pena! Um mundo inteiro está iludido com catedrais e igrejas e religiões, todos os tipos de seitas. E se baseia em nada. É um mundo de pura fantasia.

É por isso que o passuk diz: “VOCÊ faz escuridão e este mundo se torna uma noite”. E os sábios dizem que se está falando sobre este mundo: Este mundo é como uma noite de escuridão, uma noite de erro. O mundo inteiro está mergulhado nesta tolice.”

Por Rav Avigdor Miller
Traduzido do inglês por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info

© Rav Avigdor Miller
© Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Na bíblia judaica há histórias que são de fato alegorias?

Histórias Bíblicas

Perguntas & Respostas

 

Pergunta:
De que forma eu posso vir a saber quais histórias da Torá, bem como de toda a Tanach (bíblia judaica), são realmente verdadeiras — aconteceram de verdade — e quais não — sendo apenas alegorias?

 

Resposta:
Sua pergunta é muito interessante e importante. É fato que todos nós, judeus e não-judeus, sempre ouvimos falar de não se levar todas as palavras da bíblia ao pé da letra. Mas será que isto vale para todas as histórias bíblicas?

Respondendo a sua pergunta, o Rebe, Rav Menachem Mendel Schneerson, explica:
“A Torá não é apenas um livro de boas e VERDADEIRAS histórias; mas é também um Ensinamento; uma lição de como viver neste mundo.”

Mas a quais histórias o Rebe se refere como “verdadeiras”? Algumas ou todas?

Deixemos que ele próprio responda:
“As histórias também são instruções já que fazem parte da Torá, que quer dizer “instrução”. A história [então contada em qualquer parte da Torá] realmente ocorreu, não é preciso dizer, pois é parte da Torá da Verdade, mas a intenção da história é guiar e instruir.”

Então o Rebe está nos dizendo que nem uma única história da Torá, na verdade de toda a Tanach, é uma alegoria, mas que todas elas ocorreram de verdade? Sim. E que ele próprio enfatize isso:
“As histórias da Torá devem ser entendidas LITERALMENTE. É verdade que TODAS as histórias da Torá REALMENTE OCORRERAM, com todos os seus detalhes de acordo com a compreensão direta da narrativa bíblica. É tudo da “boca” do ONIPOTENTE. É tudo ‘a Torá Perfeita de D’US’, pura e sagrada Verdade.”

Por Rav Menachem Mendel Schneerson (o Rebe)
Traduzido do inglês por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info

© Rav Menachem Mendel Schneerson
© Projeto Noaismo Info

Em memória de H.S.

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Curso virtual gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

× Este post é um Post de Divulgação.


 

O PROJETO NOAÍSMO INFO TEM A HONRA E O ORGULHO DE APRESENTAR, GRAÇAS A D’US, O MINI CURSO GRATUITO DE INTRODUÇÃO AO TEMA DE BNEI NOACH.

⇑ CLIQUE AQUI

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Não existe a palavra D-us na Torá Original; Elohim na Torá…

CURIOSIDADES
VOCÊ SABIA?
Você sabia que NÃO existe a palavra D’us na Torá Original, quer dizer, na Torá em hebraico? A palavra D’us (e seus equivalentes em outros idiomas) pode estar escrita nas traduções judaicas da Torá mas a verdade é que a palavra deus (Deus ou D’us) não existe no hebraico.
A palavra hebraica que denotaria o que para nós a palavra D’us denota é o nome impronunciável “Y_H_V_H” cujo codinome na Cabalá é Havayáh. O Shulchán Aruch lhe dá o seguinte significado: “ELE foi, é e será – O ORIGINADOR de toda existência”. Ou seja, o nome Havayáh representa D’US COMO ELE É EM SI MESMO. (Veja mais detalhes em: https://a-fe-original–noaismo.info/2019/03/19/qual-e-a-maior-diferenca-entre-o-conceito-judaico-de-dus-e-o-conceito-cristao-de-deus/)
 
A palavra “el” não significa deus (D’us) mas significa literalmente poder ou força, podendo então denotar qualquer poder ou força.
 
O plural de “el” não é “elohim” mas “elím”, e esta palavra significa literalmente poderes. A palavra “elim” é usada referindo-se especificamente às forças de impureza.
 
Em geral, a palavra “elôah” tem o significado literal de AQUELE Que tem ou ELE tem o poder (em absoluto) ou todo o poder.
 
E por fim, há o plural de “eloah” que é “elohím”. “Elohim” aplicado a Hashém não significa deus (D’us) ou deuses, nem poderes, mas significa literalmente AQUELE Que possui todas as forças/poderes, ou, AQUELE Que é A FONTE (A ORIGEM) de todas as forças/poderes ou ELE é O DONO de todas as forças/poderes.
Este Nome é atribuído a Hashém quando ELE age de forma mais oculta, através da própria natureza. Não é a toa que o valor numérico de “elohim” (86) é o mesmo da palavra natureza em hebraico, “hatevá”.
Já quando Hashém age de forma mais revelada, essa expressão é chamada de Hashém (O ETERNO) ou então algum outro nome de acordo como é a expressão DELE.
 
Porém, exatamente a palavra “elohím” pode ser usada em outros contextos, com outros significados. Por exemplo:
 
um tribunal (uma corte) (ou seja, juízes) também é chamado de “elohim”, pois lhe foi dado o poder de julgar;
 
os anjos também são chamados de “elohim”, pois lhes foi dado o poder de agir;
 
até mesmo as forças de idolatria também são chamadas de “elohim acherim”, isto é, outros poderes (na verdade não se tratando de poderes reais).
Por Projeto Noaismo Info e Rav Shimshon Bisker (Rabino Orientador do Projeto Noaísmo Info)
Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

PDF gratuito sobre Bereshít (Gênesis)

É com prazer que compartilhamos aqui o e-book “Comentários da Torá escritos pelo Rabino Shimshon Refael Hirsch” disponibilizado pela Editora e Livraria Sêfer.

Comentários_da_Torá_hirsch_bereshit

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

Os Verdadeiros Judeus Messiânicos

 

Os Verdadeiros Judeus Messiânicos:
os judeus que têm permanecido fiéis ao judaísmo

 

Por moré Yosef Ben Shlomo Hakohen

Como sabemos, o cristianismo diviniza Jesus e também o vê como o Messias prometido; assim, alguns judeus que têm adotado crenças cristãs nos últimos anos começaram a chamar a si mesmos de “judeus messiânicos”. Precisamos nos lembrar, entretanto, que eles não têm direito a este título já que ele pertence aos judeus que têm permanecido fiéis ao judaísmo e que, portanto, aguardam o verdadeiro Messias.

Uma das principais razões pelas quais os judeus que adotaram as crenças cristãs, incluindo a divinização de Jesus, não devem ser chamados de “judeus messiânicos” é porque nossas escrituras sagradas definem o Messias como um ser humano. Por exemplo, o Profeta Isaías descreve o Messias como um homem que descende de Jessé, o pai de Davi:

“Um rebento sairá do tronco de Ishai (Jessé) e um ramo de suas raízes brotará. E sobre ele pousará o espírito de Hashém, espírito de sabedoria e de compreensão, de capacidade de aconselhamento e de fortaleza, de conhecimento e de temor a Hashém.” (Isaías 11:1-2 Bíblia Hebraica Editora Sêfer)

A passagem acima indica claramente que o Messias é um ser humano iluminado que teme D’US, mas que não é D’US. Os cristãos, no entanto, chamam o homem que vêem como o Messias de “Deus e Salvador” – uma crença que contradiz a seguinte proclamação divina: “EU, SOMENTE EU, sou D’US, e não há SALVADOR além de MIM.” (Isaías 43:11)

Outra razão importante pela qual os judeus que têm adotado crenças cristãs não devem ser chamados de “judeus messiânicos” é porque Isaías revela na passagem seguinte que o verdadeiro Messias inaugurará uma era de paz mundial e de iluminação espiritual quando ele vier; além disso; na era do Messias, D’US também reunirá [em Israel] todos os exilados [do povo] de Israel:

“Não causarão dano e nada destruirão em MEU santo Monte (Tsión), porque o mundo inteiro estará repleto do Conhecimento de Hashém, como as águas cobrem o mar. Nesse dia o descendente de Ishai será como um estandarte de ponto de encontro para todos os povos. A ele acorrerão todas as nações, e a sua paz será com honra. Será nesse dia que Hashém O MESTRE de todos mais uma vez mostrará SUA mão para recuperar os remanescentes de SEU povo (Israel) que tiverem ficado na Assíria, no Egito, em Patros, em Cush, em Elam, em Shinar, em Chamat, e nas ilhas do mar. ELE erguerá um estandarte para as nações e ajuntará os dispersos de Israel; e ELE reunirá (em Israel) os dispersos de Judá dos quatro cantos da Terra.” (Isaías 11:9-12)

As profecias acima não foram cumpridas durante a vida de Jesus; assim, vê-lo como o Messias é uma traição à tradição profética. Os verdadeiros judeus messiânicos são aqueles que esperam o verdadeiro Messias que inaugurará a era da paz e da iluminação espiritual para Israel e para o mundo. Neste espírito, eles proclamam o seguinte princípio de nossa fé: “Eu creio com total fé na vinda do Messias, e ainda que ele possa se atrasar, no entanto, espero cada dia por sua chegada.”

Enquanto estou sentado em minha casa em Jerusalém, oro para que nossos irmãos e irmãs perdidos que têm adotado crenças cristãs retornem para seu D’US Único e Amoroso, para sua Torá que dá vida e para seu povo, para quem foi dada a Torá e suas interpretações.

Por moré Yosef Ben Shlomo Hakohen

© Yosef Ben Shlomo Hakohen
© Projeto Noaismo Info: traduzido do inglês por © Projeto Noaísmo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

 

Veja também

https://a-fe-original–noaismo.info/2019/12/09/um-alerta-especialmente-para-os-judeus-cuidado-com-os-autointitulados-judeus-messianicos/

E

https://a-fe-original–noaismo.info/2020/08/03/uma-carta-para-os-bnei-noach/

Livros recomendados para as crianças Bnei Noach e Sete textos da bíblia judaica para elas recitarem e O Guiazinho

OUTUBRO
MÊS DAS CRIANÇAS

 

Livros recomendados para as crianças Bnei Noach e Sete textos da bíblia judaica para elas recitarem e O Guiazinho

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2017/10/25/livros-recomendados-para-as-criancas-noaitas/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2019/05/25/sete-textos-biblicos-para-as-criancas-bnei-noach/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/o-guiazinho-um-livreto-para-as-criancas-bnei-noach/

 

O Rebe disse:

“Toda criança precisa de uma educação adequada.
A educação trata do propósito da própria vida. A educação não é apenas a transferência de informações — não é uma mera aquisição de habilidades e conhecimentos. Seu principal objetivo é a formação do caráter, para que cada pessoa possa desenvolver seu potencial e viver uma existência significativa.

Nossos filhos devem aprender que o mundo não é uma selva. Uma criança deve se tornar consciente do “Olho que vê, e do Ouvido que ouve”, de um D’us onipresente que deu para a humanidade regras de conduta adequada, e que vigia para ver se estas {regras} são respeitadas.

É no nível pessoal que as Leis Noaíticas são mais poderosas, já que é através de nossas vidas que a influência cria uma mudança real. Ao melhorar nós mesmos, melhoramos o mundo.”

Por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Que tipo de livro é a Bíblia (Torá)?

 


“Toda a Torá foi dada para tornar este mundo físico um lugar espiritual e harmônico.” — Rabi Eli Levy (Chabad)


Que tipo de livro é a Bíblia (Torá)?

 

Por Rabi Eli Brackman (Chabad)

 

Nos últimos anos tem havido uma enorme quantidade de livros sobre a Bíblia que servem como guia para diferentes áreas da vida e perspectivas.

É possível encontrar livros sobre a Bíblia como literatura, Bíblia como arqueologia, Bíblia como poesia, Bíblia como história, Bíblia como filosofia, Bíblia como código para a ciência política e Bíblia como guia para a sabedoria nos negócios.

Em um livro muito intrigante do rabino Jonathan Sacks, The Home that we Build Together (O Lar que Vamos Construir Juntos), ele argumenta que a Bíblia Hebraica pode ser usada como um livro de texto sobre como construir uma sociedade multicultural bem-sucedida no século 21 no Reino Unido.

Similarmente, no livro Jewish Wisdom for Business Success: Lessons from the Torah and Other Ancient Texts (Sabedoria Judaica para o Sucesso nos Negócios: Lições da Torá e Outros Textos Antigos), o rabino Levi Brackman argumenta que os textos antigos da Torá podem servir como uma fonte de sabedoria e perspicácia sobre como ter êxito nos negócios.

Enquanto a sabedoria da Torá pode ter algo a dizer ao mundo contemporâneo da política e dos negócios, isto não é essencialmente o que a Torá é e pode levar a interpretações errôneas.

A Torá é essencialmente um trabalho espiritual destinado a aproximar uma pessoa de D’us e assegurar a vivência de uma vida ética e moral entre essa pessoa e sua família e vizinhos.

Isto é indicado no Mishnê Torá do rabino Maimônides (1138-1204), leis de Chanucá (Ch. 3), onde ele afirma que o propósito da Bíblia Hebraica é trazer paz ao mundo.

Para ser claro isto não significa que este é um trabalho sobre a resolução de conflitos a nível geopolítico, mas principalmente sobre a paz entre vizinhos e a harmonia familiar.

Toda a Torá é para este propósito — trazer paz entre uma pessoa e outra.

As histórias da Torá devem ser vistas de maneira similar. Não é um livro de história ou política — deve-se ver a Torá como um texto relevante para o desenvolvimento pessoal e espiritual da pessoa.

No pacto do Monte Sinái os judeus aceitaram um sistema de lei, social e espiritual, ao qual foram obrigados, além das leis universais da sociedade.

O D’us da Bíblia Hebraica é a fonte da moralidade e a Bíblia é o código de ética absoluto. “A Torá é o Ensinamento DIVINO para o povo judeu e para a humanidade.” A Bíblia Hebraica ensina como o indivíduo pode se aproximar de D’us e se tornar um ser humano mais espiritual e moral.

A Torá não é um livro de política ou história, mas de ensinamentos morais para a própria vida pessoal.

 

© Rabi Eli Brackman

Traduzido do inglês por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

 

Você sabia que a Bíblia (Torá) tem uma mensagem para você, não-judeu?

Se você ainda não conhece esta mensagem, para conhecê-la, acesse

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/01/29/o-caminho-espiritual-do-nao-judeu/

e ler

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/03/08/bnei-noach-o-caminho-da-tora-para-os-nao-judeus/

 

Dedicado a Natan S. O., e em homenagem ao Rebe anterior (o sexto Rebe de Lubavitch), Rabi Yosef Yitschak Schneersohn.

Sete textos bíblicos para as crianças Bnei Noach

Sete textos bíblicos para as crianças Bnei Noach

Matéria produzida pela Ask Noah International

 

O Rabi Dr. Jacob Immanuel Schochet, do Chabad, o primeiro rabino supervisor da Organização Ask Noah  International (voltada para os noaítas (Benêi Nôach/Filhos de Noá)), recomenda sete versículos da bíblia judaica (Tanách) para as crianças aprenderem e recitarem.
Pedimos a todas as crianças não-judias que memorizem-nas e digam-nas todas as noites antes de dormir.

 

1. Gênesis 1:1
“No princípio D’us criou os céus e a terra.”

 

2. Gênesis 5:1
“No dia em que D’us criou os humanos, ELE os fez à semelhança de D’us.”

 

3. Salmos 34:15
“Evite o mal e faça o bem, busque a paz e a siga.”

 

4. Salmos 145:9
“Hashém é bom para com todos e SUAS misericórdias se estendem sobre todas as SUAS obras.”

 

5. Provérbios 15:3
“Em todos os lugares os olhos de Hashém estão observando os maus e os bons.”

 

6. Jó 28:28
“O temor de Hashém é a sabedoria, e saber evitar o mal é a inteligência.”

 

7. Isaías 48:17
“Assim diz Hashém, Seu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou Hashém, Seu D’us, que lhe ensina para o seu próprio benefício, que lhe conduz pelo caminho que deve seguir.”

 

Traduzido por Projeto Noaismo Info

 

© Rabi Jacob Immanuel Schochet
© Ask Noah.org

 

Adquira os Sete Textos Bíblicos Para as Crianças Noaítas (Bnei Noach) gratuitamente no Livreto Digital Infantil O GUIAZINHO, o primeiro livro noaítico no Brasil voltado para as crianças, produzido por Projeto Noaismo Info e Rav Shimshon Bisker, em

PRIMEIRO LIVRO (DIGITAL) INFANTIL BNEI NOACH NO BRASIL: O GUIAZINHO — autores: Projeto Noaísmo Info e Rav Shimshon Bisker, de Israel

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

A existência de um povo que prova a existência de D’us

Você já parou para pensar no como e no por que o povo judeu existe até hoje (existe há 4.000 anos)?

 

É a existência de um povo que prova a existência de D’us.

 

Veja em

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/04/22/o-povo-de-dus/

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)