O Projeto Noaismo Info acredita que o Rebe é o Mashiach?

PERGUNTAS & RESPOSTAS

 

Pergunta:
O Projeto Noaismo Info acredita que o Rebe é o Mashiach? Vocês apoiam esta ideia?

E além disso, os Bnei Noach podem acreditar que o Rebe do Chabad (Rabi Menachem Mendel Schneerson) é o Mashíach?

 

Resposta:
Ficamos felizes em responder as suas perguntas.
Vamos aos esclarecimentos:

A posição do Projeto Noaismo Info sobre a identidade do Mashíach (do messias) é a mesmíssima posição do nosso Rabino Consultor, o Rav Shimshon Bisker, a saber, que quando O PRÓPRIO Hashém o revelar, então aí sim nós o anunciaremos.

Também aproveitamos a ocasião para trazermos aqui a posição da Ask Noah. O Rabi Dr. Michael Schulman, dono e diretor da Organização Ask Noah International, declarou para o Projeto Noaismo Info:
“A política oficial da minha organização Ask Noah International é que não promovemos, nem negamos, a questão de se o Rebe era ou é Mashíach presumido (Mashiach Be Chazaká) ou definitivo (Mashiach Vadái).
Meu entendimento é que a questão de se o Rebe SERÁ Mashíach Vadái é uma questão de fé.”

 

O Rabino Consultor do Projeto Noaismo Info, o Rav Shimshon Bisker, nos declarou:
O Rebe foi um grande tsadíc, ninguém discute, somente que declarar um messias é muito grave (mesmo quando se trata de um grande tsadíc que pode ser que realmente tinha a possibilidade de ser revelado como o messias).
O problema é que muitas pessoas já anunciam o Rebe como o messias, e não que será o messias.
A tentativa de promover um messias (que pode vir dos vivos ou dos mortos, segundo o próprio Talmud) não se trata de avodá zará (idolatria). De toda forma, anunciar um messias é grave e quando tentam nos forçar a receber um messias, devemos tomar cuidado e saber como tratar do tema. Uma posição neutra é melhor para não acabar falando do que não é necessário, entrando em discussões, e também não entrar em questões as quais “não fomos chamados”… .”

 

Abaixo, no vídeo, o nosso Rabino Consultor, o Rav Shimshon Bisker, discorre um pouco mais sobre este tema.

Finalizaremos esta matéria com palavras do Rabi Avigdor Miller:
“Quero contar-lhes umas palavras do velho Rebe de Lubavitch (o rebe anterior) — não sou um lubavitcher, mas o velho Rebe de Lubavitch disse algo. Em seu tempo, houve um certo ano em que eles disseram que o Mashíach (Messias) viria naquele mesmo ano. Ele se arriscou muito.
“O Mashíach virá este ano”, disse ele.
Isso foi há muitos anos — o velho Rebe (o rebe anterior), não o de agora.

E os lubavitcher? Eles estavam se organizando, fazendo pronunciamentos: “Este ano! Este ano!”
Todo mundo estava ridicularizando isso.
E o ano passou e nada aconteceu.
Então eu lhe ofereci um consolo; lhes ofereci meu pequeno simples consolo. Eu disse: “O Rebe de Lubavitch tem razão; ele estava certo. Ele mesmo redimiu muitos judeus de se perderem; ele foi um Mashíach para muitos judeus.”

E quanto a você? Só se vive uma vez neste mundo, e seu trabalho é ser um Mashíach para resgatar ao menos a si mesmo. E se alguém vem e lhe resgata como o velho Rebe de Lubavitch fez, ele também é um Mashíach.

O velho Rebe de Lubavitch fundou yeshivás onde quer que ele fosse. Para quantas crianças, para quantos meninos e meninas judeus, ele era um Mashíach? Deste modo o Mashíach veio; em certo sentido veio.

E por conseguinte, mesmo sendo uma virtude que todos devam esperar todos os dias que o Mashíach venha, mas, enquanto isso ocupem-se e se redimam. Você ouviu isso? Não espere. Há muita coisa para fazer.”

 

© Projeto Noaismo Info
© Rabi Dr. Michael Schulman
© Rav Shimshon Bisker
© Rabi Avigdor Miller
Todas as traduções por Projeto Noaismo Info: © Projeto Noaismo Info
Vídeo editado por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Mensagem do Rabi Dr. Michael da Ask Noah para todos os Bnei Noach do mundo

 

UMA MENSAGEM DO RABI DR. MICHAEL SCHULMAN, DIRETOR DA ORGANIZAÇÃO ASK NOAH INTERNATIONAL (org. que aprova o Projeto Noaísmo Info — o nosso site), PARA TODOS OS BNEI NOACH DO MUNDO NESSES TEMPOS DE CORONAVÍRUS


Atenção:
Nas palavras transliteradas, “CH” deve ser pronunciado como “rr” (Noach; Zechariá) e “SH” como “ch” (lashón; mashíach).


 

Perguntas & Respostas

 

Pergunta:
Rabi, (nesses tempos de coronavírus,) como noaítas (Bnei Noach/benêi Nôach), o que você sugere para nós para nos certificarmos de que seremos contados como um remanescente das nações (conforme escrito pelo profeta Zechariá/Zacarias), (um daqueles) que merecem viver até a vinda do Mashíach?

 

Resposta por Rabi Dr. Michael Schulman:
Meu conselho é que o mais importante é fortalecer a sua fé e confiança no Único D’us, O D’us de Israel (Hashém), fortalecer a sua observância e partilha dos Sete Mandamentos Noaíticos, arrepender-se das transgressões passadas, e orar para D’us.
Além disso, todos devem fazer um esforço especial para honrar os seus pais.
Façam também um esforço especial para parar de ou não falar ou escrever “lashón hará” (“fofocas ruins” sobre as outras pessoas), uma vez que lashón hará é um pecado, e especialmente porque hoje em dia ele pode ser espalhado em segundos em todo o mundo através da Internet e das redes sociais e criar dissensões no mundo.

Por Rabi Dr. Michael Schulman (Chabad), diretor de asknoah.org

 

© Rabi Dr. Michael Schulman
© Traduzido por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Comunidade Virtual Endossada pela Org. Ask Noah International

 

Reconhecido, aprovado e recomendado pela Organização Ask Noah International, o Projeto Noaísmo Info (o Site Bnei Noach: a-fe-original–noaismo.info), em homenagem ao Rebe, pelos seus 70 anos de liderança, comunica a criação da Comunidade Virtual do Movimento Bnei Noach no Brasil, com o intuito de aproximar aqueles Bnei Noach cuja vivência é próxima das orientações da asknoah.org.

 

Veja:

https://a-fe-original–noaismo.info/comunidade-virtual-do-movimento-bnei-noach-no-brasil-projeto-noaismo-info/

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Ao orar por alguém, como identificá-lo

Perguntas E Resposta_Chabad.org_Noaismo.info

Perguntas & Respostas

Ao orar por alguém, como identificá-lo

Por Projeto Noaismo Info e AskNoah.org

 

Pergunta:
Se Bnei Noach orar por alguém, ao identificá-lo deve-se usar o nome do pai ou da mãe? E se eu não souber ou não tiver como saber o nome do pai ou da mãe, o que eu faço?

 

Resposta por Rabi Dr. Michael Schulman (Chabad), diretor da Ask Noah International, uma organização mundial de rabinos competentes, responsáveis e qualificados para ensinamento e orientação dos Bnei Noach:
“Mencione o nome da pessoa e qual é a sua necessidade.
Ao rezar por um gentio, deve-se tentar mencionar o nome da pessoa e o nome do seu pai. Se o nome do pai não for conhecido, você pode usar “filho/filha de Noé” (ou “ben/bat Noach”, no hebraico).
Ao rezar por um judeu, deve-se tentar mencionar o nome da pessoa e o nome da sua mãe. Se o nome da mãe não for conhecido, você pode usar “filho/filha de Sara” (ou “ben/bat Sara”, no hebraico).”

 

© AskNoah International
© Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Oração enquanto se está menstruada

Perguntas E Resposta_Chabad.org_Noaismo.info

Perguntas & Respostas

Oração enquanto se está menstruada

Por Projeto Noaismo Info e AskNoah.org

 

Pergunta:
Uma mulher noaíta (Bnei Noach) pode orar ou ler as escrituras enquanto está menstruada?

 

Resposta por Rabi Dr. Michael Schulman (Chabad), diretor da Ask Noah International, uma organização mundial de rabinos competentes, responsáveis e qualificados para ensinamento e orientação dos Bnei Noach:
“Sim, não há nenhum problema nisso, nem para uma mulher noaíta nem para uma judia.”

 

© AskNoah International
© Traduzido por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Oração depois de se exercitar

Perguntas E Resposta_Chabad.org_Noaismo.info

Perguntas & Respostas

Oração depois de se exercitar

Por Projeto Noaismo Info e AskNoah.org

 

Pergunta:
Faço academia (aliás, hoje em dia muitas pessoas fazem academia). Quando termino o treino, sinto necessidade de agradecer D’us por isso, mas fico na dúvida se posso agradecê-LO neste momento porque estou suado(a) (e tomo banho em casa). Assim, posso louvar D’us logo após o treino, ou devo esperar chegar em casa para tomar um banho e então depois poder fazer uma oração de agradecimento?

 

Resposta:
Certamente não existe uma bênção para depois de realizar um treino em uma academia (ou mesmo em casa).
Mas, quanto à agradecer D’us com suas próprias palavras imediatamente após um treino, é permitido.

O Rabi Dr. Michael Schulman (Chabad), diretor da Ask Noah International, uma organização mundial de rabinos competentes, responsáveis e qualificados para ensinamento e orientação dos Bnei Noach, explica:
“Dar algumas palavras imediatas de agradecimento para Hashém não seria desrespeitoso, desde que sempre estando vestido e não estando no vestiário (local onde se troca de roupa).
Mas se desejar fazer uma oração mais concentrada ou devotada, seria preferível limpar-se antes, se possível.”

 

© AskNoah International
© Traduzido por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

O que fazer nos dias de Chanucá?

Perguntas & Respostas

O que posso fazer nos dias da festa JUDAICA de Chanucá?

 

Obviamente, você, como GENTIO, não tem porquê querer celebrar a festa JUDAICA do Chanucá. Que motivo uma pessoa que não nasceu de mãe judia ou que não se converteu tem para, por exemplo, querer acender as velas da chanukiá? Nem um.
(Sobre as festas JUDAICAS em geral, veja
https://a-fe-original–noaismo.info/2019/05/27/bnei-noach-podem-celebrar-as-festividades-judaicas-ou-alguma-delas/ .)
Mas certamente você pode, se quiser, partilhar da alegria destes dias.

⇒ Recite a oração “Que a alma de todo ser vivo” do nosso Guia — revisado e aprovado pelo Rav Shimshon Bisker, de Israel — em cada um dos dias de Chanucá
( https://a-fe-original–noaismo.info/2017/09/09/guia-de-bencaos-e-oracoes-diarias-para-os-bnei-noach/ );

⇒ Algumas pessoas têm o costume de recitar os capítulos 30, 67, e 33  dos Salmos em cada dia do Chanucá;

⇒ Dê caridade para uma instituição ou para um indivíduo necessitado;

⇒ Os pais podem dar presentes em dinheiro para seus filhos em alguns ou em todos os dias para ensiná-los a colocar uma parte desse dinheiro na caixinha de caridade em casa, para depois ser dado para uma instituição;

⇒ É costume comer alimentos fritos em óleo, como latkes (panquecas) e sufganiot (sonhos), e comer produtos à base de laticínios.

 

Por Projeto Noaismo Info, baseado em AskNoah.

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Retratando-se com Hashem após descumprir uma Lei

 

Perguntas & Respostas

 

Anderson pergunta:
Caso um noaíta descumpra uma lei, exemplo, roubo, como fazer para se retratar com o Eterno? Grato pelos ensinamentos!

 

Resposta:
Prezado Anderson, temos a honra de informar-lhe que o próprio Rabi Dr. Michael Schulman, o Diretor da AskNoah.org, gentilmente respondeu a sua pergunta.

“Se um Noaíta comete uma transgressão, ele deve se arrepender sinceramente para D’us, restituir qualquer perda que tenha causado (por exemplo, devolver um objeto que roubou, ou se isso não for possível, devolver o valor do objeto roubado) e pedir perdão se ele fez mal para alguém (a menos que isso faça com que a vítima fique mais irritada e chateada).”

 

O Shulchan Aruch Bnei Noach (lê-se, Chul’hán Arúh Benêi Nôah) — The Divine Code (Rabi Moshe Weiner) — da AskNoah, explica:

“Alguém que transgrediu a vontade de D-us em algum dos Sete Mandamentos Noaíticos ou que cometeu um erro em seu comportamento moral tem de mudar seu caminho e sua conduta, e deve aceitar sobre si mesmo que a partir desse momento ele(a) agirá da maneira correta, e ele(a) deixará de transgredir os mandamentos que D-us lhe deu.

Uma pessoa deve se arrepender por fazer o mal, mudar seu caminho pecaminoso e pedir perdão para D-us pelo pecado que cometeu. Este processo, quando alguém pede e implora perdão para D-us, é chamado de “arrependimento”. (D-us, certamente, aceita um arrependimento sincero, e perdoa o pecador arrependido por sua transgressão.)

Essa pessoa não deve pensar nem que suas ações já estão seladas diante de D-us e nem que, já que ele pecou muito, lhe é impossível retornar [do caminho pecaminoso] e se tornar uma pessoa justa. …Aqueles que querem retornar para [D-us] se arrependerão e corrigirão seus caminhos. Quando o fazem, ELE os aceita plenamente e tem piedade deles, e quando se arrependem da maneira correta, eliminando completamente suas más ações, aceitando Seu Reinado e decidindo observar Seus mandamentos para o futuro, D-us os perdoa de seus pecados e não os pune pelo passado.

[Sobre os] mandamentos de D-us para a humanidade: o próprio fato de O CRIADOR da humanidade emitir mandamentos é a razão pela qual a humanidade é obrigada a seguir esses mandamentos, acima e além de quaisquer detalhes específicos do que ELE ordenou.

O arrependimento ajuda a remover os pecados entre uma pessoa e D-us, tais como servir ídolos, comer carne que foi cortada de um animal vivo ou cometer adultério. Mas para alguém que rouba de seu companheiro, lhe causa danos ou prejuízos, quer fisicamente como golpeá-lo, ou emocionalmente como amaldiçoá-lo, em qualquer destes casos, seu arrependimento não é eficaz a menos que apazigue a pessoa lesada e lhe peça perdão, e que esta pessoa esteja de acordo. É proibido uma pessoa lesada ser cruel e não se deixar apaziguar. Em vez disso, ela tem de ser indulgente e aceitar o perdão de quem pecou contra ela, se este lhe pede perdão com completo e disposto desejo de coração (Rabi Maimônides, Leis do Arrependimento 2:10. Veja Rabi Maimônides, Leis dos Assassinos 4:12). Após isso, o pecador deve se arrepender de suas más ações, pedir perdão para Deus e fazer o arrependimento correto.”
— The Divine Code, Rabi Moshe Weiner, editado por Rabi Dr. Michael Schulman, Ask Noah International.
Tradução do inglês e do espanhol por Projeto Noaismo Info: © Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

É permitido a um ben Noach ler Ética dos Pais?

PERGUNTAS & RESPOSTAS

 

PERGUNTA: Tenho interesse em adquirir alguns livros sobre judaísmo, como ÉTICA DOS PAIS. É permitido a um ben Noach ler Ética dos Pais? E quais livros são sugeridos aos Bnei Noach?

 

RESPOSTA: Sim. Os noaítas (Bnei Noach/Benêi Nôach/filhos de Noá) podem ler o livro Ética dos Pais. Mas, tenha em mente que se trata de um livro escrito pelos judeus para os judeus (já observantes) (como é o caso de 5:8-9, que se referem aos judeus que transgridem os mandamentos judaicos declarados, que D’us não o permita).

O nosso Rabino Consultor do Projeto Noaísmo Info, o Rav Shimshon Bisker, de Israel, também explica o seguinte:
“Várias partes da Torá são propícias para serem estudadas por todos os povos, como as dos ensinamentos éticos (por exemplo, [você pode ler] o livro Ética dos Pais e O Caminho dos Justos) e todos os livros que levam ao entendimento da fé.”
(© Rav Shimshon Bisker)

 

Se quiser adquirir o livro Pirkê Avót, Ética dos Pais (também chamado de A Ética dos Sábios), pelo Rabino Moshe Bogomilsky, no formato PDF, gratuitamente, baixe-o pelo seguinte link:

http://pt.chabad.org/media/pdf/1066/tthb10661937.pdf

 

ATENÇÃO
Segue algumas recomendações do Rabi Dr. Michael Schulman, do Chabad, Diretor da AskNoah, Organização Mundial de Ensinamentos da Torá para os Bnei Noach:

“Tenha em mente que o Pirkê Avót realça os tipos de serviço divino para os judeus que são proibidos [e também impróprios] para noaítas, como o esforço de se estar profundamente envolvido no estudo da Torá, observar o Shabát e os dias santos, e manter tantos mandamentos dos 613 judaicos quanto possível mas não para ter de receber recompensa. Noaítas, por outro lado, podem servir D’us completamente, altruisticamente, apenas no seu próprio Código Noaítico, já que esses preceitos são suas mitsvót reais. Assumir outras observâncias deve ser apenas para a recompensa espiritual que elas trazem[, o que na verdade significa] deve ser apenas para algum benefício prático que resultará disso (que é o aprimoramento espiritual, moral ou de personalidade que é obtido) – para si, ou para os outros, ou para a sociedade (como honrar os pais, dar caridade adequada, devolver objetos perdidos etc.) – ou para ajudar a pessoa a ter cuidado extra ao observar o Código Noaítico.

Resumindo, noaítas podem aprender o Pirkê Avót se o fazem com um propósito prático, o qual o mais apropriado seria aprender a melhorar seus traços de caráter.

E lembre-se: “empenhe-se no estudo de Torá … se labutares na Torá, D’us tem enormes recompensas para lhe dar” (4:10), se aplica em geral aos judeus. Ao noaíta é proibido “labutar na Torá”, exceto por trabalhar duro para aprender e compreender os detalhes do Código Noaítico, que é permitido e encorajado, e recompensado por D’us. Mas em outras áreas que não estão relacionadas com o Código Noaítico, um noaíta que “labuta na Torá”, especialmente se se faz apenas para o seu próprio bem, é suscetível de ser punido pela Mão do Céu, e é nosso dever adverti-lo e tratar de persuadi-lo para que pare de aprender profundamente nessas áreas.
Tenha cuidado, porque os mandamentos de Noá e os mandamentos judaicos são na verdade dois sistemas separados de preceitos divinos. A aplicação correta e prática dos preceitos noaíticos não pode ser remendada com a seleção e escolha dos Mandamentos Judaicos, como alguns sites ditos ‘bnei noach’ e livros ditos ‘bnei noach’ tentam fazer.
Um noaíta fiel até pode aprender o básico do que os judeus devem fazer para cumprir seus 613 mandamentos judaicos. É o aprendizado aprofundado dos comentários e análises talmúdicos, midrashistas e cabalísticos, nos níveis mais profundos da Torá e suas leis detalhadas para os judeus, que devem ser aprendidos exclusivamente pelos judeus.”
(© Rabi Michael Schulman (Chabad) © Asknoah.org
Traduzido do inglês por Projeto Noaismo Info: © Projeto Noaismo Info)

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Este estudo é dedicado à elevação das almas de Ana Tiapas Rinaldi e Victoria Tiapas. E também é dedicado à pronta recuperação de Marcelo Manso Gonçalves. E também é dedicado ao Elias Araújo.

Bnei Noach podem celebrar as Festividades Judaicas ou alguma delas?

Perguntas & Respostas

 

P: Bnei Noach podem celebrar as Festividades Judaicas ou alguma delas?

 

R: O Shulchan Aruch Bnei Noach — o livro The Divine Code (“O Código Divino”), conhecido no hebraico como Shéva Mitsvót Hashém (“As Sete Mitsvót [Universais] de Hashém”) —, do Rabi Moshe Weiner, publicado pela Organização Internacional Ask Noah, é enfatico:

“Qualquer mandamento [de se celebrar] um dia sagrado judaico está proibido para um gentio(*). E práticas relacionadas especificamente com esses dias, tais como [por exemplo] comer pão sem levedura no Pêssach, agitar uma folha de palmeira (luláv) ou sentar-se em uma sucá em Sucót, jejuar em Ióm Kipúr, tocar shofár no Rósh Hashaná, também são impróprios para um gentio. Tudo isso porque [se ele faz essas coisas] ele está cumprido um dia sagrado que ele não foi mandado cumprir, e é uma proibição que alguém faça seu próprio dia sagrado devido a que está proibido criar uma outra religião(**.

 

* Isso inclui o Shabát, pois “Havayah falou a Moshé, dizendo-lhe para falar aos benêi Yisrael e dizer-lhes: Há épocas especiais que vocês devem celebrar como feriados sagrados a Havayah. São as seguintes Minhas festividades: … o sétimo dia é um Shabát … um feriado sagrado para Havayah.” (Levítico/Vayicrá 23, A Torá Viva, Rabi Aryeh Kaplan, Maayanot.) “Vede [benêi Yisrael], Havayah vos deu o Shabát.” (Êxodo/Shemót 16:6, 29). Como diz o Rabi Aryeh Kaplan: “O Shabát foi outorgado ao povo judeu quando receberam o maná pela primeira vez.” E como diz a Revista Morashá: “O Shabát — o único ritual judaico que é um dos Dez Mandamentos — é a primeira de todas as festas [judaicas], porque é a primeira a ser mencionada na Torá (Levítico, 23:2-3). Diz a Torá: “(O Shabát) é um sinal entre MIM (Havayah) e os benêi Yisrael para sempre” (Êxodo, 31:17). Apesar de muitos não o saberem, qualquer Shabat é o dia mais sagrado do ano judaico, até mesmo mais do que Ióm Kipúr (Shulchán Arúch, Órach Chaím, 242:1).” (© Instituto Morashá de Cultura.)

A única exceção é a celebração de Rósh Hashaná, por se tratar do dia da Criação da Humanidade (Adám e Chavá).

 

** Pois ele não é judeu e está praticando um mandamento especificamente judaico, então isso não é nem noaísmo nem judaísmo, logo, é outra coisa — é criar outra religião.)”

 

The Divine Code, Terceira Edição, versão inglesa autorizada do original em hebraico: Sheva Mitsvot Hashem, por Rabi Moshe Weiner, 2018 Ask Noah International.

© Ask Noah International
© Rabi Moshe Weiner
© Rabi Dr. Michael Schulman
Traduzido por Projeto Noaismo Info: © Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)