Prece para estes dias de pandemia mundial

Abrimos este espaço para informarmos que, barúch Hashém (Graças a D’US), a Editora e Livraria Sêfer está disponibilizando gratuitamente a Prece para estes dias de pandemia mundial.

⇑ CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O SITE DA SÊFER ⇑

Preencha os campos (naturalmente que, em Pratíca o judaísmo?, se você é ben-Noach você selecionará que não), e clique em Quero receber a Prece. Você a receberá em seu email.

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

Contrato de casamento para Bnei Noach — e o Casamento Bnei Noach

orgulhosamente apresenta:

Contrato de Casamento pela Torá para Noaítas (Bnei Noach)
(“Ketuvá” Noaítica; “Ketuvá” para Noaítas/Bnei Noach)

 

Uma parceria entre Rav Shimshon Bisker e Projeto Noaismo Info para disponibilizar PELA PRIMEIRA VEZ PARA A COMUNIDADE BNEI NOACH DO BRASIL o Contrato Noaítico Matrimonial

 

O nosso estimado Rabino Consultor do Projeto Noaísmo Info, o Rav Shimshon Bisker, de Israel, enviou o Contrato Noaítico de Casamento (Contrato Bnei Noach de Casamento) para o Projeto Noaísmo Info para nós o colocarmos à disposição de quem desejar obtê-lo.

O Rav Shimshon Bisker declarou para o Projeto Noaismo Info:
“Se o casal Bnei-Noach quer fazer um contrato de casamento para parecer com uma Ketuvá (o contrato judaico de casamento), eles podem fazer, porém, ela tem de ser feita de uma maneira adequada para Bnei-Noach.
Esse documento noaítico de casamento é para aqueles Bnei-Noach que desejam fazer em seu casamento algo para fortalecer a responsabilidade e a consciência deles mesmos — os cônjuges — quanto ao compromisso com o Pacto Noaítico
* no entorno do matrimônio, já que, por outro lado, todas as obrigações de um para com o outro depende muito da convenção local.
Apesar desse documento não ser obrigatório, vemos no Talmud que já naquela época havia Bnei-Noach que faziam um documento — assim como os judeus fazem a Ketuvá — com esse fim.

© Rav Shimshon Bisker
© Projeto Noaismo Info

 

* Pacto Noaítico ou Pacto do Arco-Celeste é o Pacto de Hashém (D’US) depois do dilúvio feito com Noá e sua família (que naquele momento eram toda a humanidade), e que inclui todos os seus descendentes, que é constituído dos Sete Mandamentos Divinos Universais.

 

Baixe gratuitamente em PDF o Contrato de Casamento para Bnei-Noach ⇓

Contrato de Casamento Para Bnei-Noach

© 2021. Todos os direitos reservados.

 

Como os noaítas — os Bnei Noach — se casam?

O Rav Shimshon Bisker responde:
“O Casamento para Bnei-Noach:

Basta eles decidirem se casar e então começarem a viver juntos e no momento em que eles têm o primeiro relacionamento matrimonial, recai o casamento sobre eles — eles estão casados —, como a Torá ensina.
Se os Bnei-Noach querem fazer uma festa de casamento, eles podem fazer, ou podem fazer um lecháim (lit., à vida) — um brinde: tomar um vinho; ou se eles quiserem, eles podem ter uma festa de casamento para não ser algo tão vazio, e aí, para não ser só uma festa sem nada oficial, eles podem então fazer também um contrato de casamento, uma “Ketuvá” para Bnei-Noach, como a disponível acima.”
© Rav Shimshon Bisker
© Projeto Noaismo Info

 

O Projeto Noaismo Info agradece ao Rav Shimshon Bisker pela parceria para a distribuição pela primeira vez da “Ketuvá” Bnei Noach para a Comunidade Bnei Noach do Brasil.

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

PDF gratuito sobre Bereshít (Gênesis)

É com prazer que compartilhamos aqui o e-book “Comentários da Torá escritos pelo Rabino Shimshon Refael Hirsch” disponibilizado pela Editora e Livraria Sêfer.

Comentários_da_Torá_hirsch_bereshit

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

É permitido a um ben Noach ler Ética dos Pais?

PERGUNTAS & RESPOSTAS

 

PERGUNTA: Tenho interesse em adquirir alguns livros sobre judaísmo, como ÉTICA DOS PAIS. É permitido a um ben Noach ler Ética dos Pais? E quais livros são sugeridos aos Bnei Noach?

 

RESPOSTA: Sim. Os noaítas (Bnei Noach/Benêi Nôach/filhos de Noá) podem ler o livro Ética dos Pais. Mas, tenha em mente que se trata de um livro escrito pelos judeus para os judeus (já observantes) (como é o caso de 5:8-9, que se referem aos judeus que transgridem os mandamentos judaicos declarados, que D’us não o permita).

O nosso Rabino Consultor do Projeto Noaísmo Info, o Rav Shimshon Bisker, de Israel, também explica o seguinte:
“Várias partes da Torá são propícias para serem estudadas por todos os povos, como as dos ensinamentos éticos (por exemplo, [você pode ler] o livro Ética dos Pais e O Caminho dos Justos) e todos os livros que levam ao entendimento da fé.”
(© Rav Shimshon Bisker)

 

Se quiser adquirir o livro Pirkê Avót, Ética dos Pais (também chamado de A Ética dos Sábios), pelo Rabino Moshe Bogomilsky, no formato PDF, gratuitamente, baixe-o pelo seguinte link:

http://pt.chabad.org/media/pdf/1066/tthb10661937.pdf

 

ATENÇÃO
Segue algumas recomendações do Rabi Dr. Michael Schulman, do Chabad, Diretor da AskNoah, Organização Mundial de Ensinamentos da Torá para os Bnei Noach:

“Tenha em mente que o Pirkê Avót realça os tipos de serviço divino para os judeus que são proibidos [e também impróprios] para noaítas, como o esforço de se estar profundamente envolvido no estudo da Torá, observar o Shabát e os dias santos, e manter tantos mandamentos dos 613 judaicos quanto possível mas não para ter de receber recompensa. Noaítas, por outro lado, podem servir D’us completamente, altruisticamente, apenas no seu próprio Código Noaítico, já que esses preceitos são suas mitsvót reais. Assumir outras observâncias deve ser apenas para a recompensa espiritual que elas trazem[, o que na verdade significa] deve ser apenas para algum benefício prático que resultará disso (que é o aprimoramento espiritual, moral ou de personalidade que é obtido) – para si, ou para os outros, ou para a sociedade (como honrar os pais, dar caridade adequada, devolver objetos perdidos etc.) – ou para ajudar a pessoa a ter cuidado extra ao observar o Código Noaítico.

Resumindo, noaítas podem aprender o Pirkê Avót se o fazem com um propósito prático, o qual o mais apropriado seria aprender a melhorar seus traços de caráter.

E lembre-se: “empenhe-se no estudo de Torá … se labutares na Torá, D’us tem enormes recompensas para lhe dar” (4:10), se aplica em geral aos judeus. Ao noaíta é proibido “labutar na Torá”, exceto por trabalhar duro para aprender e compreender os detalhes do Código Noaítico, que é permitido e encorajado, e recompensado por D’us. Mas em outras áreas que não estão relacionadas com o Código Noaítico, um noaíta que “labuta na Torá”, especialmente se se faz apenas para o seu próprio bem, é suscetível de ser punido pela Mão do Céu, e é nosso dever adverti-lo e tratar de persuadi-lo para que pare de aprender profundamente nessas áreas.
Tenha cuidado, porque os mandamentos de Noá e os mandamentos judaicos são na verdade dois sistemas separados de preceitos divinos. A aplicação correta e prática dos preceitos noaíticos não pode ser remendada com a seleção e escolha dos Mandamentos Judaicos, como alguns sites ditos ‘bnei noach’ e livros ditos ‘bnei noach’ tentam fazer.
Um noaíta fiel até pode aprender o básico do que os judeus devem fazer para cumprir seus 613 mandamentos judaicos. É o aprendizado aprofundado dos comentários e análises talmúdicos, midrashistas e cabalísticos, nos níveis mais profundos da Torá e suas leis detalhadas para os judeus, que devem ser aprendidos exclusivamente pelos judeus.”
(© Rabi Michael Schulman (Chabad) © Asknoah.org
Traduzido do inglês por Projeto Noaismo Info: © Projeto Noaismo Info)

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Este estudo é dedicado à elevação das almas de Ana Tiapas Rinaldi e Victoria Tiapas. E também é dedicado à pronta recuperação de Marcelo Manso Gonçalves. E também é dedicado ao Elias Araújo.

O Caminho Espiritual do não-judeu

 

Uma mensagem para o mundo

 

O Caminho Espiritual do não-judeu

 

Por Rabi Menachem Mendel Schneerson (o Rebe)
Fonte: revista “Lubavitch Internacional”, Vol. 2, N° 1, 1990, pág. 3

 

Hoje nos encontramos num cruzamento da História. Mudanças têm varrido o mundo de regimes opressores e dado lugar a uma crescente consciência moral. É, portanto, uma época apropriada para refletir sobre as dinâmicas destas mudanças, e, portanto, extrair coragem e orientação para torná-las plenamente efetivas. Ao explicar o propósito da Criação do Universo, nossos Sábios dizem que D’us, a Essência de todo o Bem, criou o mundo como resultado do Seu desejo de fazer o Bem. Como está escrito em Tehilím (Salmos) 145:9: “ELE é bom para com todos e o manifesta através de todos os Seus feitos.” Como é da natureza do Bem fazer bem aos outros, a Criação do Universo foi uma expressão Divina de bondade. Deste modo, o Universo e toda a vida são recipientes e objetos de bondade Divina.

Por conseguinte, tudo o que ocorre no mundo, mesmo o que é aparentemente mau, tal como os desastres da natureza, deve conter necessariamente algum bem redentor. Similarmente, a inclinação negativa nos seres humanos, que desejam essencialmente fazer o bem, não é senão um mecanismo dos desígnios Divinos para estabelecer o livre arbítrio entre nós. Pois se D’us tivesse criado um mundo totalmente e exclusivamente bom, sem esforços da humanidade para alcançá-lo, haveria pouca ou nenhuma apreciação da bondade no mundo.

À luz disto, é importante saber que na luta contra o mal, seja no âmbito mundial ou em caráter pessoal, a abordagem não deve ser de confrontação. Pelo contrário, ao enfatizar o que há de bom nas pessoas e no mundo, e trazendo o lado positivo à tona, o mal será sobreposto pelo Bem, até eventualmente desaparecer. Apesar de D’us ter criado um mundo onde as pessoas têm o livre arbítrio, ELE nos proveu com os instrumentos e a orientação de que precisamos para nos estimular a optar pelo Bem: O Código Moral Divino, predecessor de todos os códigos humanos, e o único que contém aplicações universais e atemporais para uma civilização boa e moral. Este código Divino conhecido como Sete Leis de Noé, estabelece uma definição objetiva de “bom” – aplicável a todas as pessoas. Pois como a História recente provou, uma moralidade baseada em idéias humanas do que é o bem é relativa, subjetiva e essencialmente não persuasiva. Além disso, é abundantemente claro para educadores e legistas que nem a intimidação e nem ameaças de punição podem inculcar algum profundo sentido de obrigação moral. Isto apenas acontece pelo conhecimento – por meio da educação de que há um “Olho que vê e um Ouvido que ouve”, para Quem todos prestaremos contas.

O Código Noaítico das sete leis Divinas básicas foi dado a Noé e seus filhos após o Dilúvio. Estas leis assegurariam a Noé e seus filhos, os predecessores da nova raça humana, que a humanidade não mais degeneraria até tornar-se uma selva novamente. As leis, que ordenam o estabelecimento de tribunais de justiça, e proíbem idolatria, blasfêmia, homicídio, incesto, roubo e comer parte de um animal vivo (crueldade com os animais), constituem o fundamento de toda a moralidade. E elas se estendem, com as leis que delas derivam, a todos os aspectos do comportamento moral.

É uma tarefa única educar e encorajar a observância das Sete Leis entre todos os povos. A tolerância religiosa em nossos dias e a tendência para uma liberdade cada vez maior nos oferece uma oportunidade única para realçar, aumentar e propagar a observância destas leis. Porque é pela observância destas leis, que são expressões da bondade de D’us, que a humanidade estará novamente unida e ligada por uma responsabilidade moral comum ao nosso Criador. Esta unidade promove a paz e a harmonia entre todos os povos, conseguindo desse modo o Bem final para todos. Como disse o Salmista (133:1): “Como é bom e agradável viverem irmãos juntos em harmonia.”

© Ask Noah International
Traduzido por © Projeto Noaismo Info

 

Adquira gratuitamente a mensagem acima contendo também uma explanação das Sete Leis Noaíticas na forma de folheto para distribuição clicando em:

https://asknoah.org/wp-content/uploads/noahide-brochure-portuguese.pdf?fbclid=IwAR0RkJMUwcAiouA0ZCfND82dKuJcp33GMK69Y-Pt8F4RUamlbKuDuJTwrvU

 

Veja outro texto do Rebe, um post inédito e exclusivo do Projeto Noaismo Info — de tradução nossa — em:

https://a-fe-original–noaismo.info/palavras-do-rebe-a-toda-a-humanidade-a-todos-os-nao-judeus-do-mundo/

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)