9a Parte do Curso Bnei Noach — Especial: Guia Bnei Noach de Bênçãos e Orações Revisado por Rav Shimshon em PDF gratuito

B”H

 

Parte 9 do Mini Curso Virtual Gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

5a Parte do Curso Bnei Noach

B”H

 

Parte 5 do Mini Curso Virtual Gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

 

Dedicado a B. e S.

4a Parte do Curso Bnei Noach

B”H

 

Parte 4 do Mini Curso Virtual Gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

3a Parte do Curso Bnei Noach

B”H

 

Parte 3 do Mini Curso Virtual Gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

Shavuot Bnei Noach e 2a Parte do Curso Bnei Noach

Por Projeto Noaísmo Info

 

Shalom para todos!

Prezados Bnei Noach, hoje, domingo, 16 de maio de 2021, ao pôr do sol, ou seja, às 18 horas, começa a festividade judaica de Shavuót. Essa festividade, comemorada na Diáspora no 6° e 7° dias do mês judaico de Sivan, é a data na qual os judeus celebram Matan Torá — a Entrega da Torá. Portanto, no nosso calendário não judaico, ela vai do anoitecer de hoje ao anoitecer de terça, 18 de maio de 2021.

 


Observação:
É importante notar, contudo, que a transmissão da Torá não ocorreu em um único dia — mas sim, O ONIPOTENTE a transmitiu a Moshé, que a ensinou ao povo judeu durante os 40 anos de sua permanência no deserto do Sinai.


 

É importante nós Bnei Noach ou noaítas honrarmos a festividade de Shavuót porque, apesar de ser uma festividade judaica, de todas as festividades caracteristicamente judaicas a única que contém também um aspecto universal, não judaico, é essa, Shavuót.

Qual é a relevância para nós deste aspecto universal de Shavuót?

A data de Shavuót significa não apenas o nascimento do povo judeu enquanto nação mas também o nascimento do status de Chassidéi Umót Haolám, ou seja, de piedosos/devotos de Hashém dentre as nações, pois é apenas a partir de Shavuót que uma pessoa nao-judia que aceita as 7 Leis Universais, não porque foram dadas para Adão e Eva na Criação do mundo nem porque foram dadas para Noá e Naamá depois do dilúvio, mas, porque foram dadas pelo PRÓPRIO D’US para Moshé e para o povo judeu na Entrega da Torá no monte Sinai, é que se alcança o maior status que um não-judeu pode alcançar, mais do que ser apenas sábio e justo, como o foram Noá, Eliézer, Jó, alcança-se o status de um Chassíd Umót Haolám, como explicado pelo Rabi Maimônides, o Rambám.
O Rebe diz:
É óbvio que a tarefa de fazer com que o mundo todo seja um lugar [espiritualmente] civilizado não pode ser alcançado unicamente pelo povo judeu. Certamente, nós judeus podemos ajudar, mas a tarefa concreta de civilizar [espiritualmente] o mundo de maneira permanente deve ser levada a cabo pelas próprias nações não judaicas. Elas têm a responsabilidade de fazer deste mundo um lugar [espiritualmente] civilizado para se viver.
Rabi Maimônides enfatiza, ao analisar as Sete Leis Noaíticas, que elas devem fazê-lo com a convicção de que estão cumprindo a vontade de D’US tal como ELE a revelou no monte Sinai; que quando D’US deu todos os SEUS mandamentos para o povo judeu, ELE também deu as Sete Leis Noaíticas para todas as nações do mundo.”

 

E será que há algo que nós Bnei Noach podemos fazer para celebrar Shavuót referente àquilo que nos diz respeito?

Sim, com certeza. Podemos orar, fazer bênçãos, ler a Torá, acender vela para embelezar a casa, fazer refeições festivas, e mais, como nos explica a Ieshivá Pirchéi Shoshaním:

Embora Israel fosse a preocupação primária de D’US no Sinai, não era a única preocupação de D’US. Quando ELE ordenou Israel na Torá, ELE também aproveitou a oportunidade para reafirmar as leis noaíticas e ordená-las de novo para o mundo. Ao dar a Torá no Sinai, D’US renovou a esperança no mundo. Isto é confirmado pelo fato de que as leis noaíticas foram re-ordenadas para o mundo no Sinai.
Shavuot, o aniversário da entrega da Torá é o momento de conectar-se com a obrigação de observar as leis noaíticas, aceitá-las novamente e celebrar o fato de que D’US as afirmou de novo no Sinai.
Existe o costume de decorar a Sinagoga [e a casa] com plantas e flores para celebrar a revelação no Sinai, pois quando a Torá foi entregue para o povo judeu, o Monte Sinai — uma montanha deserta e árida — viu-se subitamente coberto de flores, árvores e grama. É apropriado que os noaítas enfeitem seus locais de reunião ou suas casas para a festividade. Uma vez que este é o aniversário da afirmação de D’US das leis noaíticas para o mundo, este é um momento apropriado para aceitar e afirmar as leis noaíticas tanto individualmente como comunitariamente. Esta aceitação pode ser realizada de forma individual ou pessoal (ou seja, não tem de ser perante um rabino nem ter a assinatura de um rabino). No entanto, se alguém desejar recitar um texto, nós sugerimos o do Guia de Bênçãos e Orações Diárias para os Bnei Noach (revisado, aprovado e recomendado pelo Rav Shimshon Bisker, de Israel) (que, inclusive, a versão PDF também contêm orações especiais que podem ser recitadas durante esses dois dias de Shavuót).

As orações devem expressar o desejo de que o mundo inteiro reconheça a revelação no Sinai e venha a aceitar as leis noaíticas. As orações também devem incluir pedidos para que se julgue favoravelmente os frutos das árvores, pois em Shavuot o mundo é julgado com base nos frutos. Como tal, é um momento apropriado para orar pelos frutos das árvores.

Também é apropriado estudar as leis noaíticas e [lições] relativas às leis noaíticas e à entrega da Torá até tarde da noite. As orações da manhã também devem ser feitas cedo.

Em resumo:
1. Enquanto os judeus celebram Shavuot como a entrega da Torá, Bnei Noach (noaítas) o celebra como o dia em que as leis noaíticas foram renovadas e um dia de julgamento para os frutos das árvores.
2. O local de reunião ou a casa deve ser decorado com plantas.
3. É o momento de reafirmar e aceitar as leis noaíticas.
4. O estudo da Torá deve ser aumentado neste dia.”

Editado e traduzido do inglês por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info

© Rabi Menachem Mendel Schneerson
© Yeshiva Pirchei Shoshanim

© Projeto Noaismo Info

 

E certamente uma maneira de se estudar a Torá e suas leis universais, as Sete Leis de Bnei Noach, é fazendo o Mini Curso Virtual Gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach. Se você ainda não estudou a primeira parte, estude-a. Se sim, reveja-a. E exatamente hoje, às 18h, graças a D’US, estará saindo a segunda parte. Bom curso.

 

Parte 2 do Mini Curso Virtual Gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

ESPAÇO de todos os posts referentes ao Curso Bnei Noach

Graças a D’US

 

Post de Divulgação  (abertura do curso)

Primeira Parte

Segunda Parte

Terceira Parte

Quarta Parte

Quinta Parte

Sexta Parte

Sétima Parte

Oitava Parte

NONA PARTE (ESPECIAL: GUIA BNEI NOACH DE BÊNÇÃOS E ORAÇÕES REVISADO POR RAV SHIMSHON BISKER, DE ISRAEL, EM PDF GRATUITO SEGUNDA EDIÇÃO)

Décima Parte

Décima Primeira Parte

Décima Segunda Parte (Especial: para as crianças Bnei Noach)

Décima Terceira Parte

 

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

1a Parte do Curso Bnei Noach

B”H

Parte 1 do Mini Curso Virtual Gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

Curso virtual gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

× Este post é um Post de Divulgação.


 

O PROJETO NOAÍSMO INFO TEM A HONRA E O ORGULHO DE APRESENTAR, GRAÇAS A D’US, O MINI CURSO GRATUITO DE INTRODUÇÃO AO TEMA DE BNEI NOACH.

⇑ CLIQUE AQUI

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Visitar o doente para orar por ele

apresenta:

 

Nestes tempos de pandemia da Covid-19, mas obviamente não apenas por causa dela, é interessante e importante aprendermos a seguinte instrução:

 

Quanto a visitar os doentes*

* Refere-se às pessoas seriamente doentes a dois dias (porém, pode-se visitar imediatamente parentes ou amigos próximos).

 

Por Ieshivá Pirchei Shoshanim (lê-se pir-rrei chochanim)

 

Visitar os doentes é uma mitsvá (lei divina) para os judeus. Porém, isso não faz parte das Leis de Noá. No entanto, visitar os doentes, por muitas razões, é benéfico para o indivíduo e para a sociedade e tem uma razão lógica por trás. Portanto, é uma mitsvá que os Bnei Noach (noaítas) podem adotar e praticar.
Aquele que visita uma pessoa doente deve aproveitar a oportunidade para orar e desejar a recuperação do paciente perante A PRESENÇA DIVINA.

 

Orar pelos Doentes

O visitante deve orar pelo bem-estar da pessoa doente*. É louvável que isto seja feito na presença da pessoa doente**. No entanto, esta oração não deve ser feita de uma forma a deixar o paciente constrangido ou desconfortável.

 

* Ao visitar uma pessoa doente em uma casa, deve-se não apenas orar pelo bem-estar dela, mas também verificar se o paciente tem todas as necessidades básicas dele atendidas (medicamentos, roupas, alimentos etc.).

** Alguém que não consegue orar pela pessoa doente na presença dela pode orar por ela num momento posterior em outro local.

 

“Que você mereça uma recuperação completa” ou “Que Hashém lhe cure em breve” ou alguma outra frase simples é suficiente.

Não é adequado mencionar o nome da pessoa doente ao orar por ela na presença dela. Fazer isso pode realmente trazer julgamentos severos sobre o doente.

 

Se o paciente está dormindo ou inconsciente:

Dado que o motivo fundamental da visita ao enfermo é rezar pela recuperação dele, não importa se o paciente está ciente da presença do visitante. Portanto, ainda é uma mitsvá visitar uma pessoa doente se ela está em coma, inconsciente ou dormindo. No entanto, se a visita ao paciente pode perturbar o sono dele, então ele não deve ser visitado até que ele esteja acordado.

 

Por Yeshivá Pirchei Shoshanim
Traduzido do inglês por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info

© Yeshiva Pirchei Shoshanim
© Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Bnei Noach e o Shemá — PARTE 2

Bnei Noach e o Shemá — PARTE 2

 

Por Projeto Noaismo Info & Rav Shimshon Bisker

 

Vimos na Primeira Parte ( https://a-fe-original–noaismo.info/2016/03/06/bnei-noach-e-o-shema-israel/ ) que o Rabino do Chabad, Tzvi Freeman, ele mesmo o editor do site Chabad.org, citou o Rabi Azulai ou Chidá como autoridade neste tema, concordando com ele que se os Bnei Noach ou noaítas querem recitar o Shemá, que recitem apenas a primeira frase, ou seja, o primeiro versículo (Deut. 6:4).

O nosso querido Rabino Consultor do Projeto Noaísmo Info, o Rav Shimshon Bisker, de Israel, explicou para o Projeto Noaísmo Info:

“Em relação a um noaíta ou Ben Noach recitar as três partes do Shemá Israel:

Apesar de não haver nenhuma proibição de um Ben Noach ler as três partes do Shemá, pois são passagens da Torá e um Ben Noach pode ler a Torá, de toda forma, no que diz respeito à recitação, aconselho somente a primeira parte, e, se quiser recitar mais, também a segunda, porém, não a terceira (volto a ressaltar que não há proibição em ler as três). Por que? Pois o tema principal da primeira parte é receber o jugo de Hashém, e isso o Ben Noach também é obrigado. O tema principal da segunda parte é o recebimento de todos os Preceitos, e, não recai sobre o Ben Noach todos os Preceitos. Porém, como também trata do tema da recompensa quando se faz a Vontade de Hashém e a sentença de quando não se faz, se quiser recitar, pode recitar, e ter em mente (quando ler sobre o cumprimento dos Preceitos) que para ele recai somente as Leis referentes aos Bnei Noach. Porém, a terceira (Números 15:37-41) não recomendo, pois o tema principal é o tsitsit, Preceito o qual não compromete o Ben Noach. É isso!”

 

Para uma versão alternativa do Shemá Israel devidamente apropriada para ser recitada pelos noaítas (Bnei Noach), revisada e aprovada pelo próprio Rav Shimshon Bisker, veja ou baixe (gratuitamente em PDF) O Guia Bnei Noach de Bênçãos e Orações Diárias:
https://a-fe-original–noaismo.info/2017/09/09/guia-de-bencaos-e-oracoes-diarias-para-os-bnei-noach/

 

PARA O PDF (⇐ clique aqui mesmo)

 

Por Projeto Noaísmo Info & Rav Shimshon Bisker

© Rav Shimshon Bisker
© Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)