A Torá comentada para Bnei Noach – Gênesis c1v2

LOUVADO SEJA D’US!

 

Torá Para Não-judeus

 

A Torá Comentada Para Bnei Noach Por Rav Moshe Weiner e Traduzida Por Projeto Noaismo Info

Parashá |פרשה| Bereshit |בראשית|, isto é, Porção Semanal Bereshít (Gênesis 1:1-6:8)

 

Gênesis 1:2
Ora, a Terra estava assombrosamente vazia, e havia trevas sobre a face das profundezas, e o espírito de D’US pairava sobre a face das águas.

Ora, a Terra estava etc.
O texto nos diz que a Criação começou com a criação da Terra, e “Terra” aqui é um termo abrangente que significa toda a Criação (do mundo, e não apenas da terra seca). Somente no Segundo Dia D’US separou os Céus da Terra. (E o fato de mencionar (1:1): “No princípio D’US criou os Céus”, não significa dizer que a criação dos Céus precedeu a criação da Terra, mas sim que foi completada antes, pois a obra da criação dos Céus foi concluída no Segundo Dia, ao passo que a obra de criação da Terra foi concluída no Terceiro Dia.) Assim diz (Capítulo 2:4b) “no dia de Hashem D’US fazer a Terra e os Céus” — indicando que a criação da Terra foi a primeira.

Assombrosamente vazia
[Rashi (Rabi Shlomo Yitschaki) explica “assombrosamente” como desnorteamento e desolação — uma situação em que uma pessoa fica desnorteada com o grau de desolação ali presente; “vazia” implica em intrigar sobre “o que há nela”,] e a escuridão estava na face das [águas das] profundezas, porque as águas englobavam o mundo inteiro, e a Luz ainda não havia sido criada.

E o espírito de D’US pairava
E um “vento” de ante D’US estava “pairando sobre as águas” — o vento [ar] estava pairando sobre as águas.

E o versículo nos informa ainda que o início da Criação Divina apareceu como algo oculto, a saber, que não era de todo compreensível, algo em que não havia nenhuma ordem, mas sim apareceu assombrosamente vazio e escuro, e que a intenção divina — insinuada na frase “o espírito de D’US estava pairando” — transcendia e estava oculta. Só depois D’US disse “Haja luz” — para poder perceber a essência e a razão de tudo, e houve luz.

E este é um grande princípio ético que devemos estar cientes: que o início de cada questão, seja nos acontecimentos do mundo ou em empreendimentos humanos, a princípio parece confuso, desorganizado e inexplicável, como diz o Talmud (Shabat 77): “Da mesma forma que a Criação do mundo: primeiro as trevas, depois a luz”. Porque a intenção de D’US não é de modo algum clara no início — e somente após o esforço humano torna-se evidente que há uma “luz divina” na questão.

 

Todos os colchetes são originais do texto do Rav Moshe Weiner (exceto se estiver indicado N.T. ou Nota do Tradutor).

Por Rav Moshe Weiner
Traduzido do inglês exclusivamente por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info — autorizado por Rabi Moshe Perets

© Rav Moshe Weiner (Rabino Supervisor da Organização Ask Noah International e autor do The Divine Code)
© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach endossado pela Organização Ask Noah International e pelo Rav Shimshon Bisker, de Israel (autor de mais de 40 livros))

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)